segunda-feira, 30 de junho de 2008

10 anos Menos Dois

Quando vi pela primeira vez A Euterpia, na época não tinha nem esse "A", e era tanta gente no palco que o público ficava meio sem saber pra onde olhar, curti bastante o som da banda e pensei, "tai, essa é uma banda na qual eu gostaria de tocar" e dois anos depois, voltando de um ensaio no conservatório, encontrei com o Neto e o Tom (com quem já havia tocado antes), que estavam saindo de um ensaio da "volta" da Euterpia na casa do Neto (a banda havia dado uma parada de um ano, até que os dois mais a Marisa voltaram a ensaiar) e depois daquele blabla de e ai como vai a banda e coisa e tal.... na cara-dura perguntei "estão precisando de baterista? se estiverem é só meligar", e fui embora, na semana seguinte o mesmo encontro, a mesma pergunta cara-dura, até que umas duas semanas depois me ligaram perguntando se eu estava afim de ensair com eles....... depois de alguns ensaios... o primeiro show, no anfiteatro da Estação das Docas, que contou com a participação do Washington Csak (que depois entraria pra banda) na flauta, e na platéia o Pato chorando emocionado com a volta da Euterpia, ainda sem o "A" e sem baixista.....e depois de muitos ensaios, almoços, jantares, bebedeiras, perrengues, nóias, alegrias, tristezas, união, desuniões, mais bebedeiras e outros atropelos, continuamos vivendo juntos o mesmo sonho, e apesar de todas as dificuldades, se hoje me perguntarem se eu soubesse como ia ser a minha história na banda, se teria feito aquela mesma pergunta cara-dura de anos atrás....... a resposta é SIM. Essa é um pouco da minha história na banda, uma das muitas histórias d'A EUTERPIA, agora como "A", com baixista, e com um Cd "Bunitão" rodando por ai, e tentando aparecer pro mundo.E cá estou eu há exatos 08 anos, desses Dez que a banda tem.
Carlos "Canhão" Brito Jr.

3 comentários:

poucaspalavras disse...

Este texto me deixou emocionada. Adoro começos, adoro histórias e adoreeeeeeeeei o novo layout, com as cores e a imagem do Revirando o Sótão, igualzinho como eu tinha imaginado. Parabéns, gente! Muito sucesso ainda pela frente!

Jazz

Sergio Bernardelli disse...

que saudade, moçada!

...

Alex Pinheiro disse...

senta que lá vem História:por volta de 2002/03 eu,ruy oliveira e velton coelho resistíamos discotecando rock alternativo numa boate Gay, e que, para espantar o preconceito num dia específico chamávamos de " RETRÔ ",a boate ficava ali na rui barbosa perto do antigo sindicato.em uma certa noite apareceu a renée e mais o tom(que eu conheci quando discotecava no la vaca flaca;inferninho da resistência em 2000/01 quando belém estava morta no que se refere aos bons sons)que nos deram timidamente a primeira demo da A euterpia.o ruy que estava discotecando sem exitar rolou "veneza".foi a primeira vez que se ouviu o som eutérpico por essas paragens..apenas um registro já que sempre apareçe alguém contando Histórias mentirosas que fez isso ou aquilo e coisa e tal..um grande abraço à todos